Notícias Gerais
ONG auxilia restaurantes a se adequarem ao mercado vegano

ONG auxilia restaurantes a se adequarem ao mercado vegano

17-02-2017

Optar por uma alimentação saudável e balanceada tem sido a opção de, pelo menos, 15 milhões de vegetarianos no Brasil - dos quais cinco são veganos.


Por isso, a cada dia, redes de restaurantes e lanchonetes de todo Brasil estão se adequando à nova tendência do mercado gastronômico. 


Apostando nisso, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) lançou um novo setor de desenvolvimento comercial para auxiliar os restaurantes e estabelecimentos comerciais.


Em entrevista ao Ciclovivo, o presidente da associação, Ricardo Laurino, resumiu um pouco mais sobre o programa de investimento.


“Temos um programa de certificação vegana bem-sucedido – nosso Selo Vegano tem quase 300 produtos certificados no mercado brasileiro, e cresce rapidamente. Mas isso não é suficiente, já que as pessoas também buscam alimentar-se na rua. Recebemos diariamente um grande número de queixas de pessoas que não encontraram opções veganas em restaurantes e lanchonetes”.


Hambúrguer de Quinua, maioneses de Homus e outras opções 


Entre empresas que adotaram opções veganas e vegetarianas em seus cardápios, está  a rede América, que nas 18 unidades abertas em São Paulo, já contava com hambúrguer vegetariano feito de quinua. Apesar disso, o lanche levava ovo,  excluindo clientes veganos que rejeitam toda prática de exploração e crueldade com animais.


A solução veio na nova receita que inclui maionese veganana de Homus e fatias de abobrinhas grelhadas, além de uma forma de empanar o hambúrguer sem ovo. Confira a matéria na íntegra no site Ciclovivo.

Mais Notícias Gerais

<< Voltar para Notícias Gerais