Notícias Gerais
Marcelo Rebelo de Sousa, presidente de Portugal, quer mais voluntariado com voluntários mais jovens

Marcelo Rebelo de Sousa, presidente de Portugal, quer mais voluntariado com voluntários mais jovens

05-06-2017

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, apelou esta segunda-feira ao aumento do voluntariado no país, afirmando que é prioritário que sejam cada vez mais jovens.


Marcelo Rebelo de Sousa, que presidia, no Porto, à sessão de homenagem ao voluntariado da Liga dos Amigos do Hospital de Santo António, lamentou que as últimas estatísticas sobre a área apontem para que “pouco mais de 20% dos portugueses realizou trabalho voluntário”, considerando, contudo, que o número é melhor do que há uns tempos embora ainda insuficiente.


“É muito pouco. Mas apesar de tudo é muito mais do que já foi. Recordo-me de tempos quando não havia um incentivo das pessoas e das famílias, das empresas e dos escritórios, em que a média era cinco, seis, sete por cento. Mas temos de convir que 20% é muito baixo ainda”, disse o Presidente da República. “Temos de aumentar o número de voluntários no nosso país. Isso é um apelo que é um apelo cívico. É uma questão de responsabilidade social”, frisou.


O chefe de Estado apontou como “prioridade na comunidade” a formação de voluntários, enfatizando a questão da faixa etária: “É uma prioridade renovar etariamente os voluntários. Temos de ter voluntários mais jovens no voluntariado nomeadamente no campo hospitalar. No quadro hospitalar é preciso fazer um esforço de maior apelo à juventude”.


Antes, o Presidente da República elogiou o trabalho dos voluntários e voluntárias de uma organização que comemora 40 anos esta segunda-feira e junta mais de duas centenas de pessoas, apontando que a missão de um voluntário “é de uma abnegação total”.


“[O voluntário] tem de manter uma fé, uma esperança, uma capacidade de dar futuro”, disse no primeiro momento de um programa no Porto que inclui uma visita à “Casa da Rua da Santa Casa da Misericórdia do Porto e o acompanhamento de equipas de rua dos Médicos do Mundo e SAOM – Serviços de Assistência Organizações de Maria.


Marcelo Rebelo de Sousa – com um discurso que arrancou palmas e gargalhadas numa cerimónia na qual antes discursaram o presidente da Liga dos Amigos do Hospital de Santo António, Manuel Campos, e o presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar do Porto, Paulo Barbosa – disse que “outra das características desta terra é a qualidade, a excelência das gentes”, destacando sempre os voluntários.


“Não estou a minimizar o papel dos médicos, da enfermagem, pessoal auxiliar, muito menos dos administrativos, mas sem vocês não seria possível. Sem vocês poder-se-ia falar de uma instituição com alma?”, interrogou, terminando com a explicação de que a sua presença nestas ações serve para “agradecer”. “A minha presença – não podendo significar ter mais disponibilidade para estar convosco nos próximos três anos, dez meses e um dia – é para sublinhar e agradecer o vosso exemplo”, terminou.



Fonte: http://observador.pt/2017/05/08/marcelo-quer-mais-voluntariado-com-voluntarios-mais-jovens/

Mais Notícias Gerais

<< Voltar para Notícias Gerais