Notícias Gerais
Atividades pós leitura de livros paradidáticos

Atividades pós leitura de livros paradidáticos

18-06-2018

Reconto – as crianças escolhem uma história conhecida, ou que foi lida e reconta mudando o roteiro da mesma. Pode ser feito individualmente ou o voluntário escreve o que as crianças contam (quando as crianças ainda não escrevem). Com as histórias recontadas pode-se montar um livro que a criança poderá presentear ou levar com ele.


Palanque de leitura – lugar para as crianças partilharem as partes da leitura que mais gostou.


Troca- troca de leitura – leitura individual e depois relato oral sobre o texto lido. Pode ser preparado um palco para essa atividade.


Texto memorizado – escrever uma parlenda ou trava-língua numa folha de cartolina, ler com as crianças para que brinquem com o texto e decorem.


Sequência correta – recortar as frases de um texto e entregá-lo  às crianças para que leiam e colem na sequência correta.


Música e leitura – trabalhar a letra da música, leitura do texto e a melodia.


Leitura compartilhada – cada criança lê uma parte do livro, no final todos, ou quase todos terão participado.


Teatro de leitura – dramatização de histórias lidas ou construídas pelo grupo utilizando fantoches.


Cesto de contar histórias – fazer um cesto com bonecos para que eles virem os personagens para a contação de histó


Com música – pode ser bom contar histórias através da música e aproveitar para ensinar as diferentes canções que tornam a história da Chapeuzinho Vermelho memorável. Ou vai dizer que você não se lembra do “Pela estrada afora, eu vou bem sozinha, levar estes doces para a vovozinha…”


Com desenhos – usar imagens de revistas, caixas, ou mesmo impressas no computador para que as crianças soltem a imaginação e criem sua história.


Com fantoches – Taí um jeito maravilhoso de contar histórias: com fantoches. Você tanto pode comprar  para fazer fantoches mais bem acabados, como pode fazer uma oficina de fantoches, como esses de palito de picolé, e depois usar como personagens.


Roda de Histórias – criar uma roda de história. Com as crianças o voluntário faz a roda e colocam em cada divisão uma situação ou personagem que vai servir como ponto de partida para a história. O que eu amo nisto é ver o desenho que as próprias crianças fizeram como inspiração.  


Com cartões – Aí vai outra sugestão que envolve as crianças em todos os processos. Elas ajudam na elaboração de cartões com objetos, locais e personagens e depois é só selecionar os cartões para contar as histórias.



Autora do projeto: Edilene Mendes (T1)

Mais Notícias Gerais

<< Voltar para Notícias Gerais