Prosas e Versos

A iniciativa Canto Cidadão em Prosa e Verso surgiu a partir da crença de que a mídia impressa tem um fundamental papel a cumprir na democratização de informações sobre cidadania e Terceiro Setor. Portanto, o Canto Cidadão, trabalhando para atingir sua missão, estabeleceu e continua estabelecendo parcerias com veículos de comunicação, visando redigir artigos, matérias e reportagens acerca dos temas ligados à cidadania. Desde 2002, o Canto Cidadão escreve regularmente para a Revista Filantropia, além de publicar em seu site e outros veículos de comunicação matérias que apresentam organizações sociais e promovem reflexões sobre temas relevantes ao exercício da cidadania e o desenvolvimento dos indivíduos.

Parte do conteúdo produzido pela iniciativa Canto Cidadão em Prosa e Verso está disponível a seguir. Este conteúdo pode ser compartilhado livremente desde que a sua fonte seja citada. Se você gostar, compartilhe também pelas redes sociais. Boa leitura!



  • 15/12/2015

    Do que é mesmo que trata este texto?

    Texto de Felipe Mello

    Se eu ainda escrevesse por meio da datilografia, provavelmente já teria amassado em pequenas bolinhas dezenas de folhas de papel. O chão da minha sala estaria repleto...

    Leia mais...

  • 06/11/2015

    Um minuto de silêncio

    Texto de Felipe Mello

    pela janela do meu quarto eu vejo um punhado de coisas. vejo carros apressados querendo aproveitar o semáforo, ainda que ele já esteja na fronteira do amarelo com o...

    Leia mais...

  • 09/09/2015

    A conta do supermercado

    Texto de Felipe Mello

    Eu tenho fome todos os dias. Uns dias mais, outros menos. Normalmente eu faço de duas a três refeições diárias. Logo após despertar, na maioria das vezes antes do...

    Leia mais...

  • 18/06/2015

    Topa um negócio da China?

    Texto de Felipe Mello

    Eu sou descendente de comerciantes, em especial por parte de minha família materna. Meu avô veio do Líbano e, quase como regra na história desses imigrantes, buscou...

    Leia mais...

  • 15/04/2015

    Entre muros e pontes, a ética

    Texto de Felipe Mello

    “Eu não estou aqui.” Foram essas as palavras escolhidas por Mário Quintana – poeta, tradutor e jornalista brasileiro – como seu epitáfio. Se lá onde foi...

    Leia mais...

  • 21/01/2015

    Penalidade máxima

    Texto de Felipe Mello

    Eu entrei naquele estádio pelo túnel que usualmente leva os jogadores ao campo. Mas não havia jogadores. Não havia ninguém, apenas um estreito facho de luz que...

    Leia mais...

  • 21/12/2014

    O universo do palhaço como oportunidade de fortalecimento do diálogo e da compreensão na comunicação humana

    Texto de Felipe Mello

    Antes de tudo, especialmente antes de quaisquer palavras derivadas do desafio de escrever um texto bem escrito, rendo-me à uma vontade anterior. Vontade – que está...

    Leia mais...

  • 29/11/2014

    Chico

    Texto de Felipe Mello

    Chico nasceu doído, antes da hora. Dois meses antes de ver o mundo pela primeira vez, recebeu a primeira leva de pontapés e socos de seu pai. Precipitou-se na vida já...

    Leia mais...

  • 25/11/2014

    2014: o ano que não acabou

    Texto de Felipe Mello

    15h. Quarta-feira. Fim de expediente. Trabalhadores deixam sorridentes seus locais de trabalho, seguem até o pátio das empresas, montam em suas bicicletas e rumam para...

    Leia mais...

  • 16/09/2014

    Falta de berço

    Texto de Felipe Mello

    Em um país que experimentou por grande parte de sua trajetória e, bem recentemente, por mais de duas décadas, a feiura da falta de democracia, os momentos que...

    Leia mais...

  • 01/08/2014

    Vida longa aos protagonistas!

    Texto de Felipe Mello

    Antes de tudo, uma provocação inspirada no filósofo alemão Friedrich Nietzsche: quem tem um porquê para viver pode suportar quase qualquer coisa.  Desde 2002, o...

    Leia mais...

  • 15/07/2014

    Melhor do mundo ou mundo melhor?

    Texto de Felipe Mello

    Acabou a Copa. Tanto foi dito e desdito. Fatos, opiniões, versões, invenções, suposições e, em especial, teorias relacionadas a conspirações de diversas...

    Leia mais...

  • 15/05/2014

    Não somos ferramentas

    Texto de Felipe Mello

    E se os seres humanos tivessem sido criados à imagem e semelhança das ferramentas? Ah, como seria conveniente e confortável extrair deles a sua funcionalidade plena....

    Leia mais...

  • 30/04/2014

    Quem muito procrastina pode acabar defenestrando

    Texto de Felipe Mello

    Na sala de jantar, em casa de fulano: – Pai, o senhor tem feito as atividades físicas que o médico pediu? – Deixa comigo, filha. Começo na semana que vem. –...

    Leia mais...

  • 30/03/2014

    Quase-Tese Econômica

    Texto de Felipe Mello

    Um dia fui visitado por um pensamento nada original, mas que causou cócegas gostosas em minha ambiciosa proposta de ser menos tóxico e mais nutritivo a mim mesmo e aos...

    Leia mais...

  • 25/03/2014

    Minha herança

    Texto de Felipe Mello

    Outro dia fui convidado a fazer um breve discurso na formatura de jovens de um projeto social. Inspirado por tantos oradores vivos e já idos, empolguei-me e formulei um...

    Leia mais...

  • 10/03/2014

    Mini-micro-ensaiozinho sobre a cegueira

    Texto de Felipe Mello

    José Saramago que me perdoe pela ousada referência à sua obra, uma das mais importantes da história da literatura mundial. Mas hoje eu vivi uma experiência que me...

    Leia mais...

  • 21/02/2014

    O verso da gelatina

    Texto de Felipe Mello

      Sempre achei gelatina uma coisa interessante. Viva, bonita e gostosa aos meus olhos e paladar e, à minha mente, intrigante. Não é sólida, mas tem uma...

    Leia mais...

  • 07/01/2014

    Minha herança

    Texto de Felipe Mello

    Estude o que você está fazendo, seja lá o que for É encantador, especialmente para você mesmo, perceber que você sabe cada vez mais e melhor aquilo para o qual...

    Leia mais...

  • 18/11/2013

    Histórias para bois acordarem

    Texto de Felipe Mello

    Eu nasci no mato. Mais precisamente no Mato Grosso. Sou cuiabano de chapa e cruz, como por lá costumamos dizer. Cresci às voltas com o meio rural. Contudo, seria...

    Leia mais...